Login
Registar
  • por
  • spa
  • eng
  • br

Jungheinrich atinge forte crescimento em 2016

O grupo Jungheinrich, um dos principais líderes mundiais em equipamentos de movimentação de carga, tecnologia de armazenagem e de fluxo de materiais, concluiu com sucesso o ano fiscal de 2016 ao registar um forte crescimento em todos os indicadores. O volume de negócios do grupo aumentou 12% para 3085 milhões de euros. Todas as áreas de negócios contribuíram para este crescimento. Na Alemanha, as receitas aumentaram 7%, para 753 milhões de euros. Já no mercado internacional, o volume de negócios da Jungheinrich atingiu os 2332 milhões de euros, representando um aumento de 14%, fixando a quota do negócio no estrangeiro em 76%. 

Hans-Georg Frey, presidente do Conselho Diretivo da Jungheinrich AG, explica que: «Pela primeira vez, excedemos a marca dos 3 mil milhões de euros, tanto no volume de negócios como nas encomendas verificadas. Crescemos e aumentámos a nossa quota no mercado mundial. A Jungheinrich está no bom caminho para atingir o seu objetivo estratégico para o ano de 2020. O crescimento das encomendas registadas no final do ano passado continuou em 2017 o que nos deixa otimistas para este primeiro semestre. Com base nos números positivos registados nos dois primeiros meses do ano atual e com a continuação deste desenvolvimento em 2017, iremos conseguir obter uma entrada de encomendas entre 3,4 e 3,5 mil milhões e um volume de negócios do grupo na faixa entre 3,3 e 3,4 mil milhões. Segundo a nossa estimativa, o EBIT para o ano fiscal atual situar-se-á entre 250 e 260 milhões de euros.»

Além do bom rendimento operacional, o grupo Jungheinrich também avançou estrategicamente no ano fiscal de 2016: o volume de negócios na área de «Sistemas Logísticos» aumentou 16% para 441 milhões de euros. Cerca de mais de metade deste crescimento resultou da aquisição da MIAS, um especialista em transelevadores e dispositivos de recolha de carga, e da filial no Chile, que fortaleceu ainda mais a presença mundial do grupo na distribuição direta. Foi fundada ainda uma joint venture com o maior fabricante chinês de equipamentos de movimentação de cargas, a Anhui Heli Co. Ltd., que permitiu expandir o negócio de aluguer de equipamentos.

Em 2016, a Jungheinrich forneceu 109 mil equipamentos novos e usados, o que significa um incremento de 12% em relação ao ano precedente. Em termos de valor as encomendas, em todas as áreas de negócio, situaram-se nos 3220 milhões de euros, 14% acima do valor do ano anterior. A Jungheinrich aumentou assim a sua quota no mercado mundial para 9,1% (ano anterior: 8,7%). As quantidades de produção de 2016, com 106 mil equipamentos, superaram o valor do ano anterior de 91 mil equipamentos em 16%. Com isso, pela primeira vez, a produção esteve acima das 100 mil unidades.

No ano de 2016 foi efetuado um investimento de 62 milhões de euros em investigação e desenvolvimento continuam a ser uma aposta do grupo de forma a expandir a sua competência tecnológica e diferenciação face à concorrência.A par deste crescimento verificou-se um aumento de colaboradores, com um número recorde superior a 15 mil. 

De salientar que em 2016, o mercado mundial de equipamentos de movimentação de cargas evoluiu positivamente, com um crescimento de 7%. A força impulsionadora foi o mercado europeu, que cresceu 13%. Após o forte declínio nos anos anteriores, a Rússia entrou novamente no curso de crescimento (+37%). O mercado asiático viu um aumento razoável de 7%, enquanto a procura na China aumentou até 14%. O volume de mercado na América do Norte subiu 2%. 

Para 2017, a Jungheinrich espera que o mercado mundial de equipamentos de movimentação de cargas continue a crescer. Até finais de fevereiro, o volume de mercado atingiu os 205,6 mil equipamentos, contra os 167,1 mil verificados no ano passado. Na Europa, a tendência mantém-se com um aumento de 11% para 72,3 mil equipamentos, em igual período.

O volume de negócios do grupo Jungheinrich, nos dois primeiros meses deste ano, registou um crescimento de 12% (483 milhões de euros), bem como o volume de produção que aumentou 21%, atingindo os 18200 equipamentos.

Publicado em: 24 ABR 2017
Gallery