Login
Registar
  • por
  • spa
  • eng
  • br

A revolução tecnológica SAME que integra o homem e a máquina

No passado dia 8 de Maio foi apresentada no norte de Itália a nova gama SAME Frutteto CVT S que representa uma autêntica revolução no âmbito dos tratores especializados.

Dotados de modernos e eficientes motores FARMotion de 3 ou 4 cilindros, caraterizados por prestações e consumos específicos do máximo nível da categoria (a versão mais potente proporciona até 113 CV a apenas 2200 rpm), os modelos CVT distinguem-se pela nova transmissão com variação contínua (um produto produzido pela SAME, expressamente projetado para os tratores especializados), assim como pelas cabines, ainda mais cómodas, onde se destaca a presença do inovador apoio de braço MaxCom, uma consola de controlo que representa atualmente o máximo aplicado aos tratores especializados em termos de ergonomia e conforto.

Com o MaxCom, é possível configurar de forma independente as funções hidráulicas geridas com os joysticks, para controlar de modo simples, cómodo e intuitivo inclusivamente os equipamentos mais complexos.

O MaxCom dos Frutteto CVT S é um acumulado de tecnologia derivado dos tratores de gama alta e desenhado para se adaptar aos espaços reduzidos de um trator especializado. O resultado é um apoia de braço multifunções que, em apenas 20 cm de largura, permite combinar o máximo conforto operacional com a máxima funcionalidade.

Uma solução única, integrada com o assento do operador, com todas as funções ao alcance da mão e que, graças à regulação em comprimento, permite trabalhar sempre sentado no assento de condução com o cotovelo apoiado numa cómoda almofada.

Além disso, umas cómodas teclas, distribuídas em linha, permitem controlar distribuidores adicionais e os elevadores traseiro e dianteiro. Todos os comandos foram estudados para alcançar o mais elevado nível ergonómico, com a adoção plena da já conhecida e intuitiva “lógica de cores” da casa SAME.

A nova transmissão de variação contínua dos SAME Frutteto CVT S garante a elevada eficiência típica da transmissão manual, combinada com o conforto e a fluidez da hidrostática, para poder variar de forma contínua a velocidade de avanço de 0 a 40 km/h, que se alcançam a um regime reduzido do motor, em benefício de um consumo reduzido de gasóleo.

Para conduzir o trator, já não faz falta usar a embraiagem, a caixa, o acelerador ou os travões; em muitas operações, basta configurar a velocidade desejada e usar o acelerador para alcançá-la. O motor e a transmissão sincronizam-se depois automaticamente para encontrar o ponto de máxima eficiência em função das cargas. Como alternativa, pode usar-se a função de velocidade de cruzeiro ("cruise control”): basta pressionar um botão para memorizar e ativar uma velocidade de trabalho.

Mediante um potenciómetro dedicado, o condutor pode selecionar numerosos modos de gestão do motor, entre os quais se incluem o “Eco” (que reduz ao mínimo o consumo de gasóleo) e o “Power” (que maximiza o desempenho). A nova transmissão CVT conta também com a TDF sincronizada com a velocidade de avanço.

Construída sobre a base de uma nova estrutura com quatro pilares, a cabine dos Frutteto CVT S foi desenhada para combinar grandes espaços interiores com dimensões reduzidas no exterior: os perfis arredondados do chassis conferem à cabine um desenho moderno de linhas suaves e estilizadas, ideais para oferecer ampla visibilidade e, ao mesmo tempo, respeitar a vegetação ao passar entre as fileiras mais estreitas.

Graças ao esquema compacto e rebaixado da transmissão CVT, a estrutura da cabine já não ultrapassa a caixa de velocidades e permite que a plataforma seja completamente plana: o resultado é um amplo piso plano e a eliminação total do túnel central.

Esta plataforma plana, garante um acesso à cabine extremamente simples, um maior espaço para as pernas e os pés, a ausência de obstáculos, uma posição dos pedais mais próxima e a possibilidade de inspecionar facilmente os componentes hidráulicos e elétricos presentes sob a plataforma.

Um grande passo em frente para o conforto do operador, garantido em maior medida graças à presença dos novos “Hydro Silent-Blocks”: 4 suspensões especiais com fluido hidráulico integrado, que isolam a cabine do corpo do trator e que permitem um nível de conforto excecional, reduzindo o ruído e as vibrações no habitáculo. Uma opção adicional é a montagem de guarda-lamas conformados para alojar rodas altas, de 28”, e baixas, de 24”; sob pedido, é possível dispor de versões homologadas na “Categoria 4”, ou seja, capazes de garantir uma proteção eficaz do operador (certificada oficialmente de acordo com as normativas específicas) na realização dos tratamentos fitossanitários.

A estrutura completamente envidraçada, com pára-brisas de peça única, garante uma visibilidade dianteira ótima em qualquer direção, enquanto a extensão para cima permite ter sob controlo também os equipamentos frontais altos que sobressaem das linhas. Sob pedido, está disponível também um assento com suspensão pneumática e um equipamento de áudio Hi-fi. Em resumo, tudo o necessário para fazer com que o trabalho a bordo seja mais cómodo, garantindo ao mesmo tempo a posição de condução mais correta. O painel de instrumentos central também é completamente novo, que segue de modo solidário as variações de posição da coluna da direção tanto na sua regulação vertical como na sua inclinação, permitindo a melhor visibilidade dos instrumentos, independentemente da estatura do operador.

O já generoso equipamento de série dos SAME Frutteto CVT S pode completar-se ainda mais com as clássicas suspensões dianteiras de eixo oscilante, ou com a nova versão de rodas independentes e controlo ativo “Active Drive”, caraterizada por amortecedores cuja rapidez de resposta se controla de forma contínua mediante uma centralina exclusiva, para garantir um comportamento dinâmico extremamente eficaz, capaz de aumentar tanto a segurança como o conforto em qualquer condição de trabalho. O software de controlo do Active Drive inclui de série as funções Anti-balanço e Anti-rotação, a primeira aumenta a segurança na travagem (compensando o afundamento da frente do trator) e a segunda adapta automaticamente a rigidez do sistema em função da viragem e da velocidade de deslocamento (contendo de tal modo o balanço).

Em todas as versões, o bloqueio completo dos diferenciais traseiro e dianteiro de controlo eletrohidráulico garante em qualquer situação a melhor tração possível.

Também o sistema hidráulico oferece diversas opções, para se adaptar a qualquer condição operacional. As diversas possibilidades de configuração são geridas com uma bomba principal “Load Sensing” de 100 l/min exclusiva para os elevadores e distribuidores, mas em qualquer caso, está sempre instalada uma bomba adicional de até 42 l/min para a direção assistida, que permite uma viragem progressiva e modulável inclusivamente com o motor no ralentí, independentemente das outras necessidades hidráulicas.

É possível ter até 5 distribuidores de controlo eletrohidráulico (10 vias) na parte traseira e 8 vias na parte dianteira, onde é possível acrescentar 2 distribuidores adicionais de caudal elevado (um de duplo efeito e um de simples efeito), duplicados por outras tantas vias traseiras e dois retornos livres.

Em todos os casos, o controlo eletrónico permite programar a quantidade de fluxo de óleo desejado, temporizar as distintas vias e determinar as eventuais prioridades.

O elevador traseiro é de controlo eletrónico, com uma capacidade máxima de 2600 kg; o dianteiro, opcional, chega a levantar até 1.500 kg.

A TDF tem de série o acoplamento eletrohidráulico modulado e conta com 3 modos de funcionamento distintos (540, 540 ECO e 1000 rpm). Em qualquer caso, estão equipados de série com a função TDF Auto, que permite o seu acoplamento e desacoplamento automáticos em função da posição da alfaia conectada ao engate de 3 pontos.

Todos os componentes auxiliares do motor (radiadores, ventiladores, tubos, filtros, etc.), já na fase de design, foram pensados para reduzir ao mínimo as dimensões, mas ao mesmo tempo para garantir a máxima funcionalidade também na manutenção periódica e extraordinária, como, por exemplo, o filtro de ar PowerCore de dupla etapa, completado por um ejetor de pó, e o novo grupo de radiadores (fluído do motor, óleo e intercooler), muito fácil e rápido de limpar, inclusivamente no campo. O depósito de gasóleo de 85 litros tem uma capacidade suficiente para garantir, mesmo ao modelo com maior desempenho, uma prolongada autonomia de trabalho.

Publicado em: 14 MAI 2018
GalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGallery